2017/04/01

O tricarro Casal K900 que enfrentou um elevador lisboeta


Esta foi a nossa partida de dia 1 de Abril - Dia das mentiras !...
O que fazer quando o guarda-freios de um elevador lisboeta assedia a mulher que faz a limpeza a esse elevador, e que é recentemente casada com outro homem?
Bem, dizem que os homens não se medem aos palmos e os veículos também não!
Corria o ano de 1983 e numa manhã de um dia da semana algo de estranho se passou.
Um tricarro Casal K 900 bloqueava a normal passagem do elevador da Bica, em Lisboa. Os passageiros do elevador pensavam que seria alguma avaria num tricarro dos que serviam para vender peixe, fruta ou transportar gás, mas não!
Após alguns minutos de espera, o condutor do tricarro Casal saiu do seu veículo e dirigiu-se ao guarda-freios do elevador, avisando-o de que se continuasse a assediar a mulher que fazia as limpezas do veículo que conduzia, iria deixar de ser trabalhador da Carris, pois sempre que o fizesse, o caminho do elevador estaria ocupado pelo tricarro Casal... E não demoraria muito até que a administração da empresa soubesse do que se estava a passar!
Segundo o que consta sobre este famoso episódio da vida alfacinha, nunca mais o laranja tricarro Casal precisou de enfrentar o elevador amarelo, pois cada um seguiu o seu caminho!
Não conseguimos identificar o autor da fotografia que nos foi gentilmente cedida por Hélder Soares (obrigado!). Mas gostávamos de saber quem foi, pelo que agradecemos essa informação.
Esta foi a nossa partida de dia 1 de Abril - Dia das mentiras !...
Nada do que é dito aconteceu, só nos limitámos a aproveitar esta fotografia onde o tricarro faz o mesmo percurso do elevador da Bica! 

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário