2015/01/06

Motorizada Dúnia com dois escapes restaurada - Oficina Moto & Restauro


Uma motorizada Dúnia não é dos veículos nacionais mais fáceis de encontrar, muito menos com dois escapes! Aliás, mesmo em motorizadas nacionais, não é fácil encontrar uma com dois escapes.

Mas indo ao sírio certo, as coisas tornam-se mais fáceis.
Na oficina Moto & Restauro, na cidade do Fundão, dedicada ao restauro de motos e motorizadas antigas pudemos ver uma motorizada destas.

Tal como a senhora que aparece no emblema da Dúnia, também esta motorizada está impecável e preparada para fazer parar tudo por onde passar.

A pintura era em cinzento, mas no depósito de combustível e nas malas de ferramenta também havia beije com filetes em dourado.

Os pneus tinham faixa branca lateralmente, o que combina com a pintura.
Na imagem anterior é possível ver o emblema da Fundador gravado no final da forqueta, onde começa o cromado do amortecedor.

O emblema da Fundador aparece em mais sítios, pois a motorizada foi fabricada por esta empresa para a Aliança Velocipédica da Bairrada L.da, de Mogofores, em Anadia.

Por isso não estranhem a chapa da Fundador - Sangalhos, colocada na parte de trás do selim.

Estava cheia de cromados um pouco por todo o lado, tanto em peças mais previsíveis - como nos amortecedores, ou como no farolim e nos varões de protecção das pernas.

No depósito o tampão também era cromado e tinha o emblema da Fundador rodeado da inscrição: Fábrica Portuguesa de Bicicletas - Sociedade Importadora de Sangalhos. L.da.- Sangalhos.

Esta Dúnia estava equipado com motor Zundapp, com o pedal de arranque em forma de foice.

A terminar uma foto do farol onde está embutido o velocímetro de marca Huret e o cartão de vista da Moto & Restauro.

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário