2017/04/25

Blindado Chaimite V 200 em Pinhal Novo


O blindado Chaimite V200, produzido pela Bravia, é uma viatura que está intimamente associada ao 25 de Abril de 1974, pois foi nela que Marcelo Caetano abandonou o Quartel do Carmo, para poder mais tarde poder exilar-se no Brasil.

Sendo uma viatura fabricada em Portugal, e ainda que tendo parecenças com a americana Cadillac Gage Commando V100, deu à Revolução dos Cravos um toque português. Afinal tratava-se de um assunto nacional e nada como usar a prata da casa (muito provavelmente não terá sido assim, mas se foi, parabéns a quem teve esta ideia).

As imagens que divulgamos juntamente com este texto, servem para assinalar o dia 25 de Abril de 1974 no blogue Rodas de Viriato e foram captadas no dia 23 de Abril de 2017, em Pinhal Novo, onde a viatura Chaimite V200 com matrícula MX-57-44 foi colocada temporariamente em exposição estática num largo desta vila.

A cerimónia oficial contou com a presença de diferentes elementos do poder civil e militar, bem como de populares que se deslocaram ao local para assinalar os 43 anos do Dia da Liberdade em Portugal.

A liberdade que passados todos estes anos permite que muitos fiquem aprisionados na visão dicotómica esquerda / direita, em que se procuram evidências para provar que o outro está errado, que o outro faz mal, que o outro não devia mandar. A liberdade que nos permite querer sempre mais, muitas vezes a partir da influência de alguém que quer o nosso dinheiro, tempo e saúde, contribuindo para o desequilíbrio do sistema pelo qual alguns lutaram.

No Rodas de Viriato usamos a liberdade para mostrar um ponto de vista, que muitas vezes pode parecer deturpado, do valor dos veículos feitos em Portugal, mas temos liberdade para isso!
E temos liberdade para que outros possam com o trabalho que aqui é divulgado, encontrar o que procuram e ter uma vida melhor!

25 de Abril sempre!

Continue lendo...

2017/04/24

Folheto antigo motorizadas Confersil 404 e Confersil 304 G.T.


Mais outro folheto antigo que divulgamos.
Este é das motorizadas Confersil - Motorizadas e Bicicletas, Lda. e nele é feito a apresentação da motorizada Confersil 404 e da motorizada Confersil 304 G.T.

A motorizada Confersil 404 que aparece na imagem está pintada de azul, com apontamentos a branco. Está equipada com motor de turbina e junto da imagem é referido que podia ser equipada com motor Casal ou Zundapp.

Já a motorizada Confersil 304 G.T. / Grande Turismo, está pintada de vermelho, tendo as laterais do depósito de combustível cromadas. Também está equipada com motor de turbina e também nesta motorizada é referido que podia ser equipada com motor Casal ou Zundapp.

No verso, impresso a uma cor, para além da morada da empresa, também é referido que a Confersil "é mesmo uma máquina!...".
Este folheto foi impresso em Junho de 1980 na Lito Gráfica Ideal, em Águeda, tendo sido impressos 20 000 exemplares.

Continue lendo...

2017/04/23

5.º Passeio de Motos e Motorizadas Antigas de Azedia


O 5.º Passeio de Motos e Motorizadas Antigas de Azedia (Alenquer) está agendado para dia 14 de Maio de 2017.
A concentração está marcada para as 9 horas, começando o passeio pelas 10 horas. O almoço está prevista para as 12 horas e 30 minutos.
Para inscrições ou mais informações, usar os contactos existentes no cartaz.

Continue lendo...

2017/04/22

Porta-chaves antigo Micromotor - Ontem éramos / Hoje somos


Mais um porta-chaves que veio para a colecção.
Este é da Micromotor e é relativo ao momento em que pensamos que a empresa redefiniu o ramo a que se dedicava. Num dos lados, com uma bicicleta tipo pasteleira podemos ler: "Ontem, éramos", numa alusão ao mundo das bicicletas e das motorizadas.

No outro lado, com um automóvel visto de lado e um emblema onde duas letras "M" estão no meio de uma roda dentada, podemos ler "Hoje somos", numa alusão ao novo segmento de mercado, os automóveis. Neste lado temos a morada da Micromotor, Avenida de Paris, 3 - B; Lisboa.

Pelo tipo de materiais suados no porta-chaves - metal e plástico, adivinha-se que seja finais de anos 80 / início de anos 90.

Continue lendo...

2017/04/21

Emblema do ACP com alfinete tipo dama


O ACP - Automóvel Clube de Portugal foi fundado em 1903, quatro anos depois da União Velocipédica Portuguesa, de 1899. Ao longo da sua existência foi atribuindo brindes aos seus sócios e este emblema será um deles.

É em metal esmaltado e no verso tem um alfinete de dama, de forma a que possa ser preso em tecidos.
Está disponível para venda, para mais informações, usar o contacto de e-mail existente na lateral direita do ecrã do blogue.

Continue lendo...

2017/04/20

Catálogo atrelados Empal - Atrelado de caça com tampa fixa Ref. 7 (fechado)


E continuamos com a divulgação dos atrelados da marca Empal.
Mostramos o atrelado de caça com tampa fixa, com a referência 7, do catálogo que temos estado a mostrar. Nesta imagem o atrelado aparece fechado.

Nota-se que a Empal desenvolvia produtos adaptados às necessidades e aos recurso da época. Neste caso a suspensão era individual, feita com recurso a um braço oscilante, que tinha no meio o eixo da roda e numa das extremidades uma borracha, que fazia o amortecimento das irregularidades do piso.
O atrelado tinha chassis em chapa quinada com 2 mm; lados, fundo e tampa em chapa de 0,8 mm. Em termos de medidas tinha 1,22 metros de comprimentos, 98 cm de largura e 50 centímetros de altura. As rodas também eram de jante 8, com pneus 4.00 - 8.

Continue lendo...

2017/04/19

Dumper Astel JDV 3000 P/L carregado de pneus


Os dumpers Astel JDV continuam a ver-se nas bermas das estadas, não devido a avarias, mas sim porque estão ao serviço de quem trata de manter as nossas estradas e ruas em condições!

Este dumper Astel JDV 3000 P/L foi fabricado no ano de 2000 como se podia ver na chapa colocada na parte de trás, juntamente com outra da Locapor - Empresa Portuguesa de Locação Financeira Mobiliária, Lda., onde era referido que este dumper pertencia à empresa referida.

Nessa mesma placa lia-se: "Não poderá ser cedido, onerado, alienado, alugado ou deslocado sem prévia autorização".

Neste Astel vemos uma adaptção feita por quem o utiliza e que é resultado de se tentar resolver um problema. Na barra que protege o condutor no caso deste dumper se virar, foi preso um tubo em PVC onde podem ser transportados utensílios de apoio ao serviço prestado: vassouras, enxadas...

O dumper Astel já não tem a pintura original, mas o tom é muito próximo e como vemos nas fotos, fica bem na paisagem rural portuguesa!

Continue lendo...

2017/04/18

V Passeio de Motas Clássicas - Lamarosa - Torres Novas


Para meados de Maio, no dia 14, temos o V Passeio de Motas Clássicas, em Lamarosa - Torres Novas.
Estão previstas paragens em: Gruta das Lapas; Ruínas da Vila Cardillium; Quinta do Marquês e no Motoclube "Os Fenómenos".
O programa é o seguinte:
9 horas: Concentração junto a casa do Povo
10 horas: Inicio do Passeio
11 horas: Reforço
13 horas: Almoço
14 horas e 30 minutos: Entrega de Lembranças
A organização atribuirá os seguintes prémios:
- A Mota mais antiga;
- Maior grupo;
- Condutor mais jovem;
- Condutor menos jovem;
É organizado pela Casa do Povo de Olaia - Lamarosa - Torres Novas.
Para mais informações, usar os contactos existentes no cartaz.

Continue lendo...

2017/04/17

Borrachas Confersil para depósito de combustível de motorizada


A Confersil - Motorizada e Bicicletas, Lda., tinha como emblema um motociclista sobre as letras da marca.

Esse motociclista estava equipado com capacete e com óculos tipo aviador, o que a par da forma como agarrava no guiador, seria mais do que suficiente para garantir segurança durante a viagem.

As duas borrachas que aqui mostramos são para embelezamento do depósito de combustível da motorizada Confersil (ou Mayal) que os utilize.

Estas borrachas foram fabricadas pela Fapral, de Ovar, como se pode ver no verso, tendo uma borracha a referência R - 2073 e a outra R - 2074.

Estas borrachas estão disponíveis para venda, para mais informações, usar o contacto de e-mail existente na lateral do blogue.

Continue lendo...

2017/04/16

Loja de motorizadas UNISANTOS, Lda. em Montemor-o-Novo


Faz parte das tradições da Páscoa procurar ovos escondidos.
Quem gosta de veículos antigos, sejam motos, motorizadas, bicicletas, automóveis, triciclos... Sabe que há um jogo parecido neste passatempo.

É o jogo de procurar lojas antigas que ainda estejam abertas, para nelas procurar o que se deseja, tal como uma criança procura um ovo de chocolate na Páscoa.

Já aqui divulgámos algumas oficinas antigas assim e é com gosto que encontramos outras, como é o caso da Unisantos, Lda, em Montemor-o-Novo.

Fica situada na Rua 5 de Outubro, antigamente denominada Rua Nova, no 2 - A/B. Tem várias montras, dos dois lados do edifício onde se localiza.

Numa das montras é possível ver uma bicicleta Órbita Y20 para venda, bem como outras bicicletas, muitas delas para criança.

A Unisantos foi criada em 1975 e tem a loja situada neste local desde esse ano. A oficina da Unisantos está situada noutro local, tendo já estado noutro sítio que teve de ser abandonado devido às novas exigências da legislação existente.

Quem procura peças para restauros, tem aqui mais um local onde as procurar.

Continue lendo...

2017/04/15

Calendário de 1983 com jipe da Pepe / Jato


Estamos na época da Páscoa que é aproveitada por muitos para oferecer presentes.
Os brinquedos são apreciados pelas crianças e noutros tempos ter um jipe dos usados na guerra era motivo para muitas horas de brincadeira e de viagem até outros tempos.

A Fábrica de Plástico "Jato", Lda. dos Plásticos e Brinquedos PEPE, fabricava brinquedos em plástico e folha de flandres, na Rua dos 9 sonhos, em Ermesinde. Por esse motivo mandou imprimir este calendário para o ano de 1983 onde publicitava os jipes que lembram os Willis usados na II Guerra Mundial.

Para dar maior realidade ao brinquedo, este foi fotografado num cenário que lembra uma situação real, com recurso a outras miniaturas de camiões, tanques, ruínas e elementos vegetais.

Continue lendo...

2017/04/14

6.º Salão de Automóveis e Motociclos Clássicos - Vila Franca de Xira


Quase a meio do mês de Maio temos a 25. ª Automobilia de Aveiro, mas na primeira semana decorre o 6.º Salão de Automóveis e Motociclos Clássicos, em Vila Franca de Xira, dedicado à mostra de veículos clássicos, bem como à venda de peças, literatura e de miniaturas.
Este ano estarão em destaque os carros clássicos de rally e os 70 anos da Ferrari.
A entrada é livre e realiza-se no Pavilhão Multiusos de Vila Franca de Xira (Rua Cândido dos Reis, 2600 Vila Franca de Xira).

Continue lendo...

2017/04/13

Folheto com motorizada Famel Brava .02


Há vários projectos dos últimos tempos da fábrica de motorizadas Famel que são pouco conhecidos. Para além da falta de divulgação pública de informações sobre muitos modelos desta e de outras marcas (e que nós tentamos contrariar!), esta situação também decorre da tendência que muitas vezes se regista, de só haver interesse por dois ou três determinados modelos da marca.
As imagens que mostramos são relativas à motorizada Famel Brava.02, modelo sobre o qual pouco ou nada se sabe.

No verso do folheto podemos ler as características deste modelo.
Em relação ao motor, era de variador contínuo, com transmissão directa à roda. Tinha 49,9 cc de cilindrada e 5,1 cv às 6500 rpm. O carburador era de marca Mikuni e podia ter opcionalmente motor de arranque de marca Sjce.

Em relação ao veículo, tinha quadro de construção em monobloco com parede reforçada tipo auto-portante de grande solidez e rigidez.
A suspensão dianteira tinha forqueta telescópica invertida, enquanto que a traseira tinha mono amortecedor basculante no chassis do motor.
A Famel Brava.02 podia transportar 2 pessoas, pesava 56 quilogramas e tinha pneus 14 x 2,75 (2,50).
Nesta motorizada sobressaem as jantes que eram integrais de liga leve, com 3 raios.

Continue lendo...

2017/04/12

Foto antiga com crianças em triciclo tandem


Um triciclo estragado ou avariado não é o fim do mundo!
Nesta fotografia antiga podemos ver isso mesmo. Um triciclo estragado foi ligado a outro em bom estado e, eis que foi inventado o triciclo tandem!

No verso da fotografia dedicada aos avós e datada de Janeiro de 1948 podemos ler: "O João no seu triciclo e o Toneca nuns restos de um outro atrelado ao do João".

Continue lendo...

2017/04/11

3.º Passeio de Motos e Motorizadas Clássicas - Rota da Couve


Mais um ano que passou e aqui divulgamos mais uma vez o 3.º Passeio de Motos e Motorizadas Clássicas - Rota da Couve, em Cortiçadas de Lavre - Montemor o Novo.
É promovido pela Associação de Jovens das Cortiçadas e realiza-se n dia 30 de Abril de 2017.
O programa é o seguinte:
8 horas - Receção aos Participantes;
9 horas - Início do Passeio;
10  horas e 30 minutos - Paragem em S. Geraldo para reforço alimentar;
12 horas - Paragem em Fortos de Vale de Figueira;
13 horas - Almoço em Cortiçadas de Lavre.
Para mais informações, usar os contactos existentes no cartaz.

Continue lendo...

2017/04/10

Moto Forvel 125 cc - XIV Automobilia Ibérica Moita (1/2)


Para além do ciclomotor Milo com motor Alma e da Casal K 175, também esta moto Forvel com 125 cc representava bem a indústria nacional de veículos de duas rodas com motor, na XIV Automobilia Ibérica da Moita.

Estava para venda no espaço de Jorge Simões na feira referida, juntamente com outras motorizadas nacionais e peças / acessórios para elas.

O motor que equipava esta moto de fabrico nacional era de marca Hodaka, fabricado no Japão, e que mais tarde também serviu para ser usado em algumas das motos da Anfesa.

Esta moto é do ano de 1979 e apresentava a patine e o desgaste do tempo, tendo ainda componentes como os piscas, com hastes cromadas.

Era possível encontrar a marca Mabor General nos pneus desta Forvel 125 cc, reforçando assim o toque nacional que ela tem.

Na frente, o guarda-lamas cromado era muito parecido com o usado noutra moto de 125 cc nacional, a EFS M 125, mas com algumas diferenças.

Continue lendo...